PORTAL DE EVENTOS CIENTÍFICOS DA UNESPAR - CÂMPUS DE CAMPO MOURÃO, II Encontro Anual de Iniciação Científica da Unespar

Tamanho da fonte: 
COLETANDO DADOS SOBRE O ENSINO DE MÚSICA PARA CRIANÇAS NO BRASIL: UM ESTUDO SOBRE OS PROGRAMAS DE MUSICALIZAÇÃO INFANTIL VINCULADOS A INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR.
Vitor Silveira Costa, Tiago Madalozzo

Última alteração: 2016-08-09

Resumo


O tema desta pesquisa é a educação musical infantil, e como vem sendo organizada, do ponto de vista metodológico, em diferentes projetos de musicalização ligados a universidades brasileiras. Os objetivos são coletar dados e verificar quais são os elementos metodológicos característicos deste tipo de formação musical no Brasil. Entende-se que há grande quantidade de material bibliográfico disponível sobre o assunto. A partir de uma varredura desta produção, selecionou-se três textos centrais para revisão: Freire e Freire (2008), Russell (2005) e França e Swanwick (2002). Toda a conjuntura explorando aspectos de planejamento e avaliação das aulas (estudo da UnB, de Freire e Freire), diretrizes sobre a maneira de se ensinar (orientações pedagógicas de Russell), e o material a ser ensinado (França e Swanwick), forneceram parâmetros para a avaliação de propostas pedagógicas de ensino. Elegeu-se a entrevista semiestruturada como instrumento adequado para coleta de dados, sendo que o roteiro de entrevista foi elaborado com vinte e cinco questões abertas, divididas em três partes: 1) Contexto e organização do curso; 2) Proposta pedagógica; 3) Avaliação. A partir da apresentação destas etapas iniciais da pesquisa, feita no mês de fevereiro como parte do Seminário de Iniciação Científica 2016 do Grupo de Pesquisa Música, Cultura e Sociedade – Unespar campus de Curitiba II, optou-se por, dentro do universo de programas de musicalização levantado, restringir-se a amostra a três cursos voltados a crianças pequenas: da Universidade Federal da Bahia, da Universidade Federal da Paraíba e da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Para a etapa seguinte, portanto, foram feitas entrevistas com as coordenadoras dos três programas, presencialmente ou por videoconferência. A análise de cada entrevista revelou que estas instituições trabalham de forma similar àquelas utilizadas como referencial no material bibliográfico deste trabalho, ou ainda não conseguiram implementar estas estratégias devido a outras necessidades mais prioritárias de cada realidade. Este levantamento contribui para os objetivos iniciais da pesquisa ao mesmo tempo em que nos leva a considerar os desafios que a musicalização infantil enfrenta nos diferentes contextos em que se encontra, revelando o caminhar desta grande rede de ensino e gerando reflexões acerca da educação em diferentes níveis e propostas nas diversas realidades do território brasileiro.

 


Palavras-chave


Educação musical; Musicalização infantil; Metodologias de ensino

Texto completo: PDF