Atenção: este site/dominio não será mais atualizado, para acessar o conteúdo do site da Unespar - Campus Campo Mourão, acesse: campomourao.unespar.edu.br

Skip to content
Você está aqui: Início
Conselho de Campus de Paranavaí defende autonomia Imprimir
13/04/2015
Durante assembleia realizada nesta sexta-feira, 10, em Paranavaí, o Conselho de Campus da Unespar analisou requerimento de um deputado estadual, aprovada na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), que solicitou informações sobre a estrutura administrativa da instituição. Devido aos questionamentos apresentados, o conselho emitiu um manifesto em que exige “absoluto respeito à autonomia universitária”.

Como apresentado no manifesto, o Artigo 207 da Constituição Federal trata sobre a autonomia universitária afirmando que: “as universidades gozam de autonomia didático-científica, administrativa, de gestão financeira, patrimonial e obedecerão ao princípio de indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão.”

Desta forma, o Conselho de Campus de Paranavaí se posiciona contrário a não observância da soberania das instâncias da Unespar. Uma vez que, explicam: “a autonomia constitui-se condição sine qua non para que a Universidade cumpra plenamente seus objetivos nas áreas de ensino, pesquisa e extensão”.

Questionamentos – Entre as informações requeridas pelo deputado exigia-se uma lista com nomes do quadro de professores e agentes universitários, bem como as lotações, locais de prestação de serviços, forma de controle de ponto e recebimento de TIDE. Solicitava também os locais físicos de exercício das atividades da reitoria, pró-reitorias, assessorias, secretaria geral, procuradoria e ouvidoria. Além disso, questionou o motivo pelo qual não ocorreu a implementação da sede administrativa da Unespar em Paranavaí.

Sobre o último tópico, especificamente, o Conselho esclarece que a sede administrativa da Unespar é em Paranavaí desde a inauguração do prédio da reitoria. No entanto, atividades administrativas também são realizadas em todos os sete campi que integram a universidade. Argumentaram, inclusive, que muitos docentes e agentes universitários desenvolvem trabalhos tanto para os campi, como para a reitoria simultaneamente.

 
< Anterior   Próximo >

Links

Online