Skip to content
Você está aqui: Início
  • pic_2017
  • mestre
  • Bom_negoio
Programa de reestruturação de cursos será lançado na próxima semana Imprimir
17/08/2015
Em eventos que terão lugar em Paranavaí e Curitiba nos próximos dias 27 e 28 de agosto, respectivamente, a Pró-reitoria de Ensino de Graduação (Prograd) da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) lançará o Programa de Reestruturação dos Cursos de Graduação da instituição. Anunciado anteriormente para o mês de abril, o lançamento foi suspenso em razão da greve das universidades estaduais.

Diretores de centro, coordenadores de colegiado, chefes de divisão de ensino e representantes docentes e discentes participarão da programação que contará com a palestra “A Educação Superior em um tempo de choque cultural” a ser proferida pelo professor Luiz Bevilacqua, ex-reitor e idealizador dos bacharelados e licenciaturas interdisciplinares na Universidade Federal do ABC. Em seguida, serão iniciados os estudos com vistas à compatibilização e reestruturação dos cursos de graduação.

Segundo o pró-reitor, Mário Cândido de Athayde Júnior, foi projetado um processo de discussão curricular para propiciar a interlocução com experiências de outras universidades como forma de alimentar a discussão interna entre cursos afins. “A Prograd trabalha com horizontes de médio e longo prazos para construir e implantar mudanças efetivas nos currículos acadêmicos, com aproximações de compatibilização de projetos pedagógicos entre cursos afins para vigorarem a partir de 2016 e projetando alterações mais significativas para o ano de 2018, após o recredenciamento institucional”, detalha.

Mário explica ainda que, durante o Programa de Reestruturação, haverá a possibilidade de analisar as várias experiências e ouvir posições político-pedagócias de diversas tendências de pensamento antes de definir o modelo de atuação da Unespar. Ao longo do processo serão discutidos, por exemplo, temas como a pertinência e relevância social dos cursos e de seus conteúdos; a educação superior e o mundo do trabalho; a condição do aluno trabalhador; estratégias de permanência estudantil; bem como experiências alternativas de organização da graduação.

Para o reitor da Unespar, professor Antonio Carlos Aleixo, ao traçar um percurso entre a realidade atual e uma realidade futura, o Programa de Reestruturação evoca claramente a dimensão política do fazer acadêmico da instituição. “Ao mesmo tempo em que nos propomos a uma modificação das práticas de formação no ensino superior, que venha arejar os esquemas enrijecidos e, até certo ponto, obsoletos e que ameaçam os processos formativos, este debate vem reforçar a autonomia institucional da Unespar, ao reconhecer sua própria identidade e projetar um vir-a-ser institucional comprometido política e academicamente com as comunidades das seis regiões do Paraná em que se encontram nossos campi”.

Os próximos momentos de discussão curricular já estão planejados pela Prograd. Nos meses de setembro e outubro, serão desencadeadas as discussões específicas entre os cursos, bem como haverá evento tematizando experiências de práticas intra-curriculares de permanência estudantil.

 
< Anterior   Próximo >

Links

Online

Nós temos 17 visitantes online