Atenção: este site/dominio não será mais atualizado, para acessar o conteúdo do site da Unespar - Campus Campo Mourão, acesse: campomourao.unespar.edu.br

Skip to content
Você está aqui: Início
Responsabilidade na formação de docentes está em debate no Enieduc Imprimir
19/08/2015
Os objetivos na formação de professores e o modelo de universidade que se quer foram os pontos centrais da conferência de abertura do VI Encontro Interdisciplinar de Educação (Enieduc). Como apresentou a conferencista, professora Ligia Marcia Martins, as questões são fundamentais para o debate sobre a responsabilidade social da universidade no processo de formação inicial e continuada de docentes, temática central do evento que começou nesta segunda-feira, 17.

A palestrante, que é professora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), comentou que tem acompanhado a fragilização do Ensino Superior e isso ultrapassa os muros da universidade da pior forma. No entanto, enfatizou que cabe à escola formar indivíduos capazes de projetar o futuro, abstrair e criar. “A escola precisa transformar e quando falo isso é conferir outra forma pela superação da forma anterior. É ser capaz de transformar o elementar em complexo”, exemplificou.

Abertura – O Enieduc é um evento organizado pela Universidade Estadual do Paraná (Unespar), campus de Campo Mourão, por meio dos cursos de licenciatura. Na abertura, a coordenadora, professora Adriana Mendes Polato, disse que a temática escolhida é de maior importância na sociedade brasileira. Como explica, os temas que dizem respeito ao espaço escolar precisam ser discutidos pelos responsáveis pela formação inicial e continuada, as universidades.

Para o pró-reitor de Ensino de Graduação da Unespar, professor Mário Cândido de Athayde Júnior, os temas selecionados para a programação deixam antever a sintonia do evento com a intencionalidade política que orienta as ações de formação docente na Unespar. “Eventos como esse, são importantes porque desafiam nossas capacidades para, coletivamente, construirmos respostas a um modelo de ensino já posto pela tradição”, argumentou acrescentando a importância das licenciaturas na universidade como alicerces para a formação de professores do Paraná e estados vizinhos.

O diretor do campus, professor Eder Rogério Stela, agradeceu a comissão organizadora que apesar das dificuldades acreditou e não mediu esforços para a realização do Enieduc. “A universidade também se constitui fora da sala de aula e esses momentos são importantes para toda a comunidade acadêmica”, pontuou.

A abertura foi realizada no Teatro Municipal de Campo Mourão. Entre os presentes estavam professores, estudantes e pesquisadores da licenciatura e autoridades universitárias como o reitor da Unespar, professor Antonio Carlos Aleixo.

Programação – O encontro acontece até quarta-feira, 19, com a oferta de 11 minicursos, apresentação de mais de 200 trabalhos vinculados a simpósios temáticos e livres, painéis e três mesas temáticas. Segundo a organização, nesta edição, estão participando cerca de 600 congressistas.

 
< Anterior   Próximo >

Links

Online

Nós temos 5 visitantes online