Atenção: este site/dominio não será mais atualizado, para acessar o conteúdo do site da Unespar - Campus Campo Mourão, acesse: campomourao.unespar.edu.br

Skip to content
Você está aqui: Início
Unespar lança programa para discutir reestruturação de cursos Imprimir
28/08/2015
Iniciou-se nesta quinta-feira, 27, as discussões do Programa de Reestruturação de Cursos de Graduação da Universidade Estadual do Paraná (Unespar). A ação idealizada pela Pró-reitoria de Ensino de Graduação (Prograd) foi lançada no Centro de Eventos do campus de Paranavaí com o objetivo de construir propostas curriculares para ampliar o acesso e a permanência dos estudantes na instituição.

Como explica o pró-reitor de Ensino de Graduação, professor Mário Cândido de Athayde Júnior, a expectativa é que as propostas formuladas garantam uma formação humanística e profissional sólida a contribuir com o desenvolvimento sustentável, a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida do povo paranaense. “Qualifico esse processo de discussão coletiva como ousado e fundamental para os rumos do ensino de graduação da nossa universidade pública emergente, mas que já tem tradição de ensino e compromisso social com seis importantes regiões do Paraná”, afirmou na abertura.

O reitor, professor Antonio Carlos Aleixo, enfatizou que apesar da estrutura existente a gestão está dando um rumo para a universidade que tem possibilitado frutos importantes. Entre eles, a participação em chamadas do governo federal que seriam impossíveis para os campi na condição de faculdades isoladas.

Aleixo argumentou ainda que por meio do programa será possível definir um rumo mais esclarecido para a estrutura e reestruturação dos cursos ofertados. “Não adianta imaginar uma universidade multicampi e multicultural como a Unespar funcionando como era. Em alguns momentos não serão simpáticos aos rumos planejados, mas depois de muita discussão é preciso dizer a que veio. Não podemos ficar no mesmo formato que tínhamos. Nada será feito de qualquer maneira, mas temos que discutir e formatar para darmos a cara da universidade”, detalhou.

Atividades – Os trabalhos foram iniciados com uma palestra ministrada pelo ex-reitor da Universidade Federal do ABC (UFABC), professor Luiz Bevilacqua. Ele é idealizador de cursos de bacharelados e licenciaturas interdisciplinares e apresentou um pouco dos caminhos percorridos na instituição em que atuava. No entanto, sua apresentação foi concentrada em discutir “A Educação Superior em tempo de choque cultural”.

Para Bevilacqua, nesse tempo considerado de choque cultural pequenas mudanças não resolvem. Em sua visão, a universidade não pode prioritariamente ensinar, a função principal deve ser aprender. Portanto, uma das proposições é eliminar as separações entre graduação, pós-graduação, professores, pesquisadores e técnicos para formar a comunidade para aprender, descobrir, inventar e criticar. “É preciso formar profissionais capazes de tomar decisões”, apontou criticando ainda a política atual em que prioriza-se a publicação de pesquisas para avolumar currículos e não para avançar no conhecimento.

No período da tarde, os presentes discutiram em grupos, separados por cursos de licenciatura e bacharelado, suas respectivas especificidades. Conforme a organização da Prograd, o programa será uma ação permanente com resultados de médio a longo prazos. A metodologia prevê a realização de reuniões mensais, encontros de cursos afins e reforça a importância das discussões chegarem aos colegiados da Unespar.

Participação – As discussões do programa contam com a participação de dirigentes, docentes, estudantes, agentes universitários da Unespar, bem como representantes de instituições externas. Em Paranavaí, os presentes foram do campus local, dos campi de Apucarana e Campo Mourão e do Núcleo Regional de Educação. Nesta sexta-feira, 28, o programa será lançado no campus de Curitiba I e também reunirá a comunidade dos campi de Curitiba II, Paranaguá e União da Vitória.

 
< Anterior   Próximo >

Links

Online