Skip to content
Você está aqui: Início
  • audiencia
  • Matematica_201711
  • especializoca
  • Bom_negoio
  • Matematica_2017
  • pic_2017
Demandas da graduação são discutidas entre universidades estaduais Imprimir
05/10/2015
O Fórum das Pró-reitorias de Graduação das Universidades Públicas Estaduais (Progrades/PR) realizou reunião na sexta-feira, 02, para discutir as demandas comuns da graduação. Representando a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) participaram o pró-reitor de Ensino de Graduação, professor Mário Athayde Júnior, e a diretora de Programas e Projetos, professora Neide Galvão Fávaro.

O encontrou ocorreu na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), em Cascavel, quando foi encaminhada solicitação para uma audiência conjunta com Conselho Estadual de Educação (CEE) e SETI, ainda neste mês de outubro, para tratar das novas exigências das Diretrizes Curriculares Nacionais e os impactos para os cursos de formação de professores e a base nacional comum.

A elaboração de um expediente assinado pelos representantes de todas as Instituições de Ensino Superior Paranaenses, dirigido ao presidente do Senado Federal e ao ministro da Educação, também foi destaque na pauta. O objetivo é registrar o posicionamento paranaense de que seja aprimorado o projeto de lei do deputado Paulo Paim (PT-RS), que prevê o fim dos estágios não-remunerados.

Segundo o pró-reitor da Unespar, a principal preocupação dos pró-reitores não é inviabilizar que todos os estagiários recebam bolsa. “Queremos, fundamentalmente, definir claramente quais os entes e órgãos terão suplementações orçamentárias para bancar os valores necessários, especialmente para o caso daqueles estágios desenvolvidos em órgãos públicos, como é o caso daqueles das áreas de educação e saúde”, esclarece.

Representando a Secretaria de Estado da Educação (SEED), a reunião contou com a presença da superintendente, professora Fabiana Cristina Campos. Diante da apreensão das Pró-reitorias de Graduação em relação aos prazos de inscrição dos processos seletivos de ingresso, tranquilizou os presentes quanto ao cumprimento do ano letivo dos terceiros anos do ensino médio.

De acordo com Fabiana, a SEED protocolou solicitação ao CEE para que, excepcionalmente em 2015, seja considerado o cumprimento de conteúdos e não de dias letivos para o término do ano letivo, o que permitirá a expedição de certificados de conclusão em tempo hábil para a regularização das matrículas nas universidades.

Na avaliação da diretora de Programas e Projetos, eventos desta natureza são importantes. “Para a Unespar que está em fase de implantação, esta é uma reunião especialmente importante, pois permite uma rica troca de experiências e de procedimentos para o enfrentamento de questões pedagógicas e administrativas comuns entre as instituições paranaenses”, completa.
 
< Anterior   Próximo >

Links

Online

Nós temos 9 visitantes online